Você imagina quais são os times mais ricos do mundo atualmente?

Antes de te responder essa pergunta. você precisa saber que ser considerado um dos times mais ricos do mundo do futebol não é algo fácil.

Já que o clube precisa ter pelo menos 200 milhões de euros para ficar na lista dos 20 mais ricos.

Todos nós sabemos que o dinheiro não é o mais importante, mas sem dúvida ele é muito importante.

No mundo do futebol isso não é diferente, se você não te dinheiro, então seu time não pode ter jogadores, treinadores, instalações de treinamento e estádio decentes.

É bom saber que os clubes mais ricos do mundo em 2020 tiveram um aumento de receita de 7% em relação ao ano passado, com o Top 10 gerando um total combinado de € 6 bilhões.

Também é importante mencionar que muitas equipes tentaram conquistar seu lugar na lista deste ano, enquanto algumas perderam posição.

É a primeira vez que você visita o blog?! Então clique aqui agora para curtir a nossa página no facebook e ficar ligado nas melhores curiosidades do futebol.

Um dos mais importantes neste caso é o famoso time da Premier League, o Arsenal.

Os Gunners são conhecidos como um dos times mais valiosos da liga em todos esses anos, mas eles caíram do 6º lugar em 2018 para o 9º em 2019 e agora estão fora da lista dos 10 times mais ricos do mundo pela primeira vez em muitos anos.

Isso enquanto o Barcelona ultrapassou o Real Madrid para se tornar o clube de futebol mais valioso do mundo, de acordo com a Football Money League da Deloitte.

No artigo a seguir, daremos uma olhada nos dez times mais ricos do mundo. Hora de conhecer os colocados:

Quais são os times mais ricos do mundo em 2020?

times mais ricos do mundo juventus

10. Juventus – 459.7 milhões de euros

O clube com sede em Torino foi fundado em 1897 por um grupo de estudantes torineses.

O clube tem sido um dos melhores até agora e conquistou:

  • 35 títulos oficiais da liga
  • 13 títulos da Coppa Itália
  • 8 títulos da Supercoppa Italiana

Sendo o recordista dessas competições, além ele possui:

  • 2 Taças Intercontinentais
  • 2 Taças da Europa / Liga dos Campeões da UEFA
  • 1 Taça dos Vencedores das Taças
  • 1 Recorde nacional conjunto de três Taças da UEFA
  • 2 Supertaças da UEFA e um recorde nacional conjunto de uma Taça Intertoto da UEFA.

No caso de ser rica, a Velha Senhora voltou para o top 10 com a Deloitte alegando que a chegada do astro português Cristiano Ronaldo “aumentou o apelo comercial da Juventus”.

O jogador de 34 anos saiu do Real Madrid para a Juventus por mais de € 100 milhões em julho de 2018.

Outras contratações, como Matthijs de Ligt, também aumentaram a visibilidade da marca Juventus e as receitas comerciais.